Recursos Acessibilidade Ir ao Conteúdo Mapa do Site Aumentar Textos Diminuir Textos Contraste Cores

Atendimento: Segunda à Sexta-feira, das 8h às 12h e 13h às 17h

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIVERSUL

Praça Prefeito Aparecido Barbosa, nº130,
Centro - Riversul-SP | CEP: 18470-000

riversul de todos 15 3571.1221 telefone riversul

NOSSA HISTÓRIA

Os mineiros, Joaquim da Silva Bueno e José Ignácio Fróes foram os primeiros a se estabelecerem na região, iniciando, por volta de 1885, as primeiras lavouras. O pequeno povoado chamado Capela do Fróes, nasceu em torno da Capela dedicada a São Bom Jesus, construída pelos fundadores. Os terrenos necessários à formação do Patrimônio, foram doados por Joaquim da Silva Bueno. Dentre os novos moradores, destacou-se Processo Martimiano que, além de benfeitorias que implantou, conseguiu a criação do Distrito de Paz, em 1894, com o nome de Ribeirão Vermelho, devido ao Ribeirão que banha a localidade.

Na década de 1920, ocorreu grande desenvolvimento das lavouras locais e conseqüente aumento da comunidade. Assim, foi criado em 1924 o Município de Ribeirão Vermelho, voltando, no entanto, a Distrito de Paz, dez anos depois, devido ao êxodo de sua população em busca de novas fontes de colonização no Noroeste do Estado. A categoria de Município, somente foi restaurada em 1953. Em 1944, devido a localidades de idêntico nome, Ribeirão Vermelho foi acrescentado a partícula ?do Sul?, sendo alterado para Riversul, em 1980, atendendo solicitação dos moradores locais.

GENTÍLICO: RIVERSULENSE

FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA

Distrito criado com a denominação de Ribeirão Vermelho, por Lei Estadual no 288, de 7 de julho de 1894, no Município de Itaporanga. Em divisão administrativa do Brasil referente ao ano de 1911, figura no Município de Itaporanga o Distrito de Ribeirão Vermelho. Elevado à categoria de município com a denominação de Ribeirão Vermelho, por Lei Estadual no 1984, de 12 de novembro de 1924, desmembrado de Itaporanga. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 15 de janeiro de 1925.

Em divisão referente ao ano de 1933, o Município de Ribeirão Vermelho compõe-se do Distrito Sede. Pelo Decreto Estadual no 6448 , de 21 de maio de 1934, foi extinto o Município de Ribeirão Vermelho, sendo seu território incorporado ao Município de Itaporanga.  Em divisões territoriais datadas de 31 de dezembro de 1936 e 31 de dezembro de 1937, Ribeirão Vermelho é Distrito judiciário, pertencente ao Município de Itaporanga.

No quadro anexo ao Decreto-lei Estadual no 9073, de 31 de março de 1938, o Distrito de Ribeirão Vermelho permanece no Município de Itaporanga. No quadro fixado pelo Decreto Estadual no 9775, de 30 de novembro de 1938, para 1939­1943, o Distrito de Ribeirão Vermelho permanece no Município de Itaporanga.

Pelo Decreto-lei Estadual no 14334, de 30 de novembro de 1944, o Distrito de Ribeirão Vermelho passou a denominar-se Ribeirão Vermelho do Sul. No quadro fixado, pelo referido Decreto-lei, para vigorar em 1945-1948, o Distrito de Ribeirão Vermelho do Sul permanece no Município de Itaporanga, bem como no fixado pela Lei no 233, de 24­XII-1948 para vigorar em 1949-1953. 

Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Ribeirão Vermelho do Sul, por Lei Estadual nº 2456, de 30 de dezembro de 1953, desmembrado de Itaporanga. Constituído do Distrito Sede. Sua reinstalação verificou-se no dia 01 de janeiro de 1955. Fixado o quadro territorial para 1954-1958, o município compõe do Distrito Sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-VII-1960.

Lei Estadual no 2334, de 16 de abnril de 1980 altera a denominação de Ribeirão Vermelho do Sul para Riversul.  Em divisão territorial datada de 01-VII-1995, o Município de Riversul é constituído do Distrito Sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.

ALTERAÇÕES TOPONÍMICAS MUNICIPAIS

Ribeirão Vermelho do Sul para Riversul, teve sua denominação alterada por força da Lei no 2334, de 16 de abril de 1980.